• Extra life
  • A nossa missão
Luis Paiva

Luis Paiva

terça-feira, 15 junho 2021 11:51

Centro Comunitário

O SAAS tem como missão apoiar as pessoas e as famílias na prevenção e/ou reparação de problemas geradores por situações de exclusão social e, em certos, atuar em situações de emergência.

- SAAS S. Vicente

- Protocolo RSI – S. Lázaro e S. João do Souto

quinta-feira, 07 janeiro 2021 15:08

Cronologia de respostas à Pandemia

Aqui, pode encontrar todas as iniciativas da Cruz Vermelha Portuguesa no âmbito das respostas de prevenção e conrolo da Pandemia, por separadores semanais. 

  • [08 jun.2021] Relatório apoio ROLEX, veja aqui
  • [08 jun.2021] CVP lança novo teste molecular de leitura rápida. 
  • [08 jun.2021] Testagem gratuita em Lisboa, conheça a Localização e horários dos Postos. 
  • [18 jun.2021] Refugiados são quem paga o preço mais alto da Pandemia. 
  • [16 jun.2021] Cruz Vermelha e Take The Wind lançam curso de realidade virtual gratuito para profissionais de saúde no âmbito da vacinação à COVID19.
  • [14 jun.2021] Open Meeting CVP COVID19 reúne especialista no dia 30 de Junho. 
  • [08 jun.2021] Testagem gratuita em Lisboa, conheça a Localização e horários dos Postos. 

 Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

  • [31 mai.2021] CVP no apoio à Liga dos Campeões. 
  • [28 mai.2021] Webbinar "COVID-19: Desafios e Soluções Juvenis?" o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.
  • [21 mai.2021] CVP partilha experiência de testagem em massa com elementos das áreas da Saúde do Rio de Janeiro
  • [17 mai.2021] Cruz Vermelha apoia o evento Vodafone Rally Portugal 2021, em Matosinhos.
  • [07 mai.2021] Mega Operação de testagem em Odemira. 
  • [06 mai.2021] Cruz Vermelha no apoio aos eventos teste-piloto da cultura, depois de Braga vem Coimbra e Lisboa.

Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

  • [28 abr.2021] CVP apoia os dois primeiros eventos teste-piloto, no Altice Fórum Braga, com testes antigénio de resposta rápida à entrada dos espetáculos.
  • [26 abr.2021] Brigadas de Intervenção Rápida da cvp já apoiaram mais de 22 300 utentes em 503 estruturas.
  • [19 abr.2021] CVP alarga as suas ações de rastreios à COVID-19 ao Ensino Superior e prevê testar cerca de 70 mil pessoas na primeira fase.
  • [16 abr.2021] CVP lançou o Selo COVID Tested & GO. Um projeto inovador criado a pensar no contexto pandémico e que pretende promover um desconfinamento mais seguro e eficaz, apoiando as empresas e instituições a recuperar a confiança dos seus clientes.
  •  [09 abr.2021]  Grande operação de rastreio à população de Odemira.
  •  [07 abr.2021] Grupo Ageas Portugal, através das suas marcas Ageas Seguros e Médis, doou 411.900€ à Cruz Vermelha Portuguesa- Ressultado:  2800 profissionais de saúde envolvidos,  mais de 50 mil testes e mais de 70 concelhos impactados. 
  •  [07 abr.2021] Vencedores do concurso de fotografia SALVAR VIDAS ESTÁ NAS TUAS MÃOS! 
  •  [05 abr.2021] Testagem à população em resposta aos concelhos de moderado risco: Rio Maior e Odemira.

Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

  • [31 mar.2021] Comunicado da CVP sobre a utilização de autotestes covid- 19 livremente adquiridos em farmácias
  • [30 mar.2021]  Equipas da CVP, mobilizadas para a primeira fase de rastreios à COVID-19 nas Escolas de 1º ciclo e Creches, realizaram 13 226 testes em todo o país. 
  • [24 mar.2021] Caetano Auto disponibilizou uma frota de 13 automóveis à VP para ajudar nas deslocações dos profissionais que, por todo o país, realizam a vacinação contra a Covid-19.
  • [19 mar.2021] Homenagem a todos os profissionais da Cruz Vermelha no Dia do pai. 
  • [17 mar.2021]  Secretária de Estado da Educação, Inês Ramires, visitou uma Escola do setor privado abrangida pelo programa de testagem em massa no qual a Cruz Vermelha Portuguesa se encontra a cooperar.  
  • [17 mar.2021] Iniciou a nova estratégia definida para prevenção e controlo da Pandemia, em todo o território nacional, à Comunidade Escolar.
  • [15 mar.2021] Zurich Portugal, a “Z Zurich Foundation” e a Missão Azul voltam a juntar-se à Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) para apoiar as respostas de prevenção e controlo da pandemia.
  • [15 mar.2021]  BMW reforça esta resposta através da cedência de 5 viaturas para ajudar, durante as próximas semanas, no transporte dos técnicos que integram as equipas móveis de testagem à COVID-19.
  • [15 mar.2021] Nova estratégia de prevenção e controlo da Pandemia através da realização de testes rastreio à COVID-19 em Escolas de 1º ciclo e Creches do setor privado.
  • [12 mar.2021] Relatório das ações da Juventude Cruz Vermelha em período de Pandemia.
  • [11 mar.2021] CVP lança concurso de fotografia «salvar vidas está nas tuas mãos» e a sociedade a ser um agente de Saúde Pública, sensibilizando para a importância dos comportamentos preventivos. 
  • [11 mar.2021] Actualização - Brigadas de Intervanção Rápida. Ao longo dos últimos meses, as BIR da CVP  já apoiaram mais de 22 300 utentes em aproximadamente 500 EStruturas em Portugal.
  • [09 mar.2021] Doentes com COVID-19, internados na Unidade de Retaguarda da CVP, em Coimbra, mais do que cuidados de sáude, puderam manter o cantacto diário com os seus familiares. Veja aqui o vídeo.  
  • [09 mar.2021] Para assinalar o mês da Saúde Oral, a Colgate, por cada produto Colgate vendido, vai doar um dentífrico à Cruz Vermelha Portuguesa, sendo que esta oferta pode ainda ser ampliada com a doação  de uma escova de dentes. A sociedade pode ter um papel ativo nesta ação de solidariedade, basta para isso adquirir um ou mais produtos Colgate e fazer o upload do recibo da compra no site  colgate.pt/sorrirfazbem
  • [08 mar.2021] O Presidente nacional fala sobre a importância dos comportamentos preventivos, mesmo com a chegada da vacina, veja aqui o vídeo
  • [02 mar.2021] A Volkswagen, importada pela SIVA, subsidiária da Porsche Holding Salzburg, cedeu à Cruz Vermelha Portuguesa cinco viaturas como forma de ajudar a implementar a estratégia de vacinação contra a Covid-19 e apoiar a continuidade da testagem em massa, por todo o país.

 

Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

  • [26 fev.2021] Atualização da mobilização das Brigadas de Intervenção Rápida - 2 230 técnicos e 489 Brigadas ativadas até ao momento. 
  • [26 fev.2021]  Embaixada da República da Coreia  entregou à CVP um donativo de 100 equipamentos tecnológicos (tablets) vão ser distribuídos pelas equipas técnicas que acompanham as crianças e jovens integrados nas casas de acolhimento da CVP e 500 Equipamentos de Protecção Individual (EPI), que vão permitir reforçar a continuidade do trabalho dos técnicos que, diariamente, desempenham funções nas respostas de prevenção e controlo da Pandemia, nomeadamente na testagem em massa da comunidade.
  • [26 fev.2021] Cruz Vermelha já realizou mais de 40 mil testes à Comunidade Escolar. 
  • [23 fev.2021] Breve relatório sobre ações da CVP no âmbito da prevenção e controlo da Pandemia em 2020. 
  • [22 fev.2021] Uber disponibiliza 20 mil viagens gratuitas para deslocação dos técnicos que apoiam o processo de vacinação. 
  • [19 fev.2021] Até ao momento já foram realizados mais de 200 mil testes na comunidade. No mês de Janeiro a média diária ultrapassou os 2 400 testes.

                      Balanço das ações da CVP, no mês de janeiro: 

    • Reforço da capacidade de testagem em novas regiões com a abertura de novos postos fixos, noemadamente,  em Águeda, Abrantes, Bragança, Carapinheira, Costa do Estoril, Gandarela e Tomar.
    • Rastreios a elementos presentes nas mesas de voto das Eleições Presidenciais. 
    • Início do projeto Escolas, de Norte a Sul do país, com a realização de rastreios na comunidade escolar. 
    • Início da Operação Lares na região norte com o objetivo de rastrear todos os idosos e profissionais em Estruturas Residenciais para Idosos. 
  • [12 fev.2021]  A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que patrocinou a aquisição de um ventilador para o Hospital da Cruz Vermelha no início da Pandemia, voltou a juntar-se a esta causa através de:
    • Um donativo de 20 mil euros para apoio à aquisição do Raio-X portátil de última geração que dá mote à Unidade Madame Curie;
    • Um donativo de 2 500 euros para apoio à aquisição de material para a Unidade de Retaguarda de doentes COVID-19, em Coimbra. 
  • [06 fev.2021] A Volkswagen depois de ter cedido, durante o primeiro confinamento, 6 viaturas à CVP, voltou a associar-se às respostas de prevenção e controlo da Pandemia, cedendo mais 5 viaturas, por um período de 2 meses.
  • [05 fev. 2021] Inaugurada Unidade Madame Curie da CVP com aquisição e montagem de Raio X portátil de última geração ao serviço dos hospitais de retaguarda e Lares de Idosos. 
  • [04 fev.2021] Claudio Filppi, Voluntário da Cruz Vermelha Italiana ofereceu 500 máscaras de proteção individual (cirurgicas) como forma de apoio às repsostas de prevenção e controlo da Pandemia. 
  • [ 04 fev. 2021] CVP cedeu equipamento hospitalar para ampliação da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital da Forças Armadas, em Lisboa. 
    • 5 ventiladores;
    • 5 monitores de cuidados intensivos;
    • 10 bombas infusoras;
    • 10 seringas infusoras e material de suporte.
  • [03 fev.2021] 20 Especialistas de Saúde, todos de nacionalidade francesa e residentes em Portugal, aderiram, como Voluntários, à CVP para integrarem as equipas que estão na “linha da frente” nas respostas de prevenção e controlo da Pandemia.  
  • [02 fev.2021] A Unidade de Retaguarda Hospitalar da CVP para doentes com COVID-19, em funcionamento no Centro de Saúde Militar de Coimbra, está a receber doentes. 

 

Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

  • [28 jan.2021] A Cruz Vermelha vai apoiar a vacinação anti Covid-19 a 10 mil Agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a outros 10 mil militares da Guarda Nacional Republicana (GNR).
  • [29 jan.2021] Novo Posto Fixo da CVP para testes à covid-19 em Águeda vai permitir aumentar a capacidade instalada com a realização diária de cerca de 100 Testes Antigénio de leitura rápida.
  • [29 jan.2021] As Brigadas de Intervenção Rápida, uma resposta consertada entre a CVP e o ISS,  já apoiaram mais de 363 Instituições. Esta resposta visa garantir uma intervenção eficaz  quando as Estruturas  Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e Lares Residenciais (LR) ficam sem pessoal técnico devido a surtos graves de Covid-19. 
  • [27 jan.2021] Abertura de Unidade de  Retaguarda Hospitalar, em Coimbra.

              Esta Unidade, sediada no Centro de Saúde Militar de Coimbra, para pessoas com COVID-19 que tenham necessidades médicas não complexas ou recebam alta hospitalar sem capacidade de retorno ao domicílio por questões sociais,                      pode vir a libertar perto de 50 camas ao SNS. 

 

 

Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

  • Divulgação da plataforma de agendamento online de testes à COVID-19 nos Postos da CVP distribuidos pelo país. 

 site testes imagem

Conheça os Postos de testagem à COVD-19 da CVP, distribuídos pelo país. Para agendamento online
 
 Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

Verba de 10 milhões atribuída à CVP para respostas de prevenção e controlo da Pandemia


Verba de 10 milhões atribuída à CVP para respostas de prevenção e controlo da Pandemia
Créditos: Patrícia Campos, Voluntária CVP 
Cruz Vermelha aumenta a capacidade de testagem à COVID-19 em sete países com 35,5 milhões de euros de apoio da EU e a Cruz Vermelha Portuguesa recebe  verba de 10 milhões de euros para compra de testes antigénio de reposta rápida e material médico.
Enquanto a Europa continua a experienciar um aumento nos casos e mortes por coronavírus, a Cruz Vermelha aumentará a capacidade de realização de testes de COVID-19, anunciando o apoio de 35,5 milhões de euros por parte da  Comissão Europeia.
A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) assinou um acordo com a Comissão Europeia, financiado pelo Instrumento de Apoio a Emergências (ESI), que aumentará o número de  testes COVID-19 realizados pelas Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha de Portugal, Áustria, Alemanha , Grécia, Itália, Malta e Espanha.
Em toda a Europa, as Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho estão a apoiar os sistemas nacionais de saúde no controlo e prevenção da Pandemia. O financiamento da Comissão Europeia apoiará a formação do técnicos e permitirá o acesso a equipamento, materiais médicos e testes rápidos de antigénio para apoio ao trabalho das autoridades de saúde nacionais.

 Imagem2 copy copy copy copy copy copy copy

BANNER copy copy

Fica ansioso enquanto espera pelo resultado do seu teste à Covid-19? Na Cruz Vermelha conseguimos resultados em menos tempo! 

Lançamento da campanha de sensibilização para a importância da realização de testes à Covid-19, garantindo estar mais perto das pessoas e evitando, assim, que estas tenham que fazer deslocações significativas para a realização de um teste. Com mais de 30 Postos fixos distribuídos pelo país e 14 Equipas de Intervenção através de Unidades móveis a circular, mais pessoas podem ser testadas num menor período de tempo. 

Numa campanha em que se pretende dar visibilidade à ansiedade natural sentida no período de espera para obter um resultado, a Cruz Vermelha compromete-se a normalizar esse sintoma permitindo um resultado mais rápido! No seu Posto fixo de Lisboa os resultados aos testes moleculares, através de uma parceria com o Instituto de Medicina Molecular, podem ser obtidos após 12 horas da realização do mesmo e, em todo o país, através da realização de um teste antigénio na CVP, pode ter resultados em 15 minutos. 

Imagem1 copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy
 

Depois do sucesso da Campanha “Nunca Desistir”, a Fundação Laps e Indepent Ideia, o Continente, a TVI e a Fundação Portuguesa de Futebol, voltaram a unir-se em mais uma iniciativa que pretendeu angariar donativos para a resposta da Cruz Vermelha Portuguesa e da Rede de Emergência Alimentar ao crescente número de pedidos de apoio, por parte de famílias que se viram, por razão da Pandemia, em situação de grande vulnerabilidade. 

Clique na imagem acima para saber mais sobre esta iniciativa. 

 Nunca desistir

 "Nunca desistir” deu mote à iniciativa de solidariedade promovida pela Fundação Laps e Indepent Ideia, que se destina a ajudar as famílias afectadas pela Pandemia, com o apoio da Cruz Vermelha Portuguesa e da Rede de Emergência Alimentar.

Ao longo de quase um mês muitas foram as personalidades da sociedade portuguesa que deram o rosto por esta causa. Cristiano Ronaldo juntou-se à iniciativa, tendo já participado no “never give up”,  em Itália.  Nomes sonantes como Manuel Luís Goucha, Pedro Teixeira, Fátima Lopes, Marta Botelho, Cláudio Ramos, Fernanda Serrano, Miguel Oliveira, André Villas Boas, João Félix, Luís Represas, Joaquim de Almeida, Sara Sampaio, entre muitos outros, apelaram à generosidade dos Portugueses por uma causa comum.

O valor total angariado, 645 066,89 €, vai ser repartido pela Cruz Vermelha Portuguesa e pela Rede de Emergência Alimentar para compra de bens alimentares e posterior distribuição às famílias mais necessitadas.

» Veja aqui o relatório completo desta iniciativa. Inclui valor doado, número de produtos comprados e número de famílias apoiadas. 

Clique na imagem acima para saber mais sobre esta iniciativa. 

Banner2 copy

 

A pensar em quem não pode ficar em casa e em todas as famílias que, obrigadas ao confinamento, se vêm em situação de vulnerabilidade provocada por esta Pandemia, na Cruz Vermelha Portuguesa lançámos o movimento #Eu Ajudo quem Ajuda.

Muitas foram as entidades do sector privado que se associaram ao movimento e centenas de pessoas, a título pessoal, fizeram os seus donativos, contribuindo para uma causa que, afinal, é de todos nós.

Clique na imagem acima para saber tudo sobre este movimento, nomeadamente, os apoios recebidos. 

 Apresentamos um hino criado de raiz para homenagear quem está na linha da frente. Ajude-nos a chegar mais longe, sem sair de casa.

 

     

terça-feira, 11 agosto 2020 15:36

#Juntos Por Beirute

Apelo de Emergência

CRUZ VERMELHA LANÇA APELO: #JUNTOS POR BEIRUTE

Cruz Vermelha lança apelo:  #JUNTOSPORBEIRUTE
Entre os dias  11 de Agosto e 10 de Setembro, 2020, a Cruz Vermelha Portuguesa está a recolher donativos monetários para apoiar os sobreviventes da explosão em Beirute. 
A Cruz Vermelha Libanesa já está a promover alojamento de emergência a cerca de 1.000 famílias e prevê alojar até 10.000 famílias nas próximas semanas.
Voluntários treinados e colaboradores estão a disponibilizar apoio psicossocial aos sobreviventes e a potenciar os contactos entre familiares, através do Programa de Restabelecimento de Laços Familiares.
Neste sentido, no seguimento do apelo lançado pela Cruz Vermelha Internacional, a Cruz Vermelha Portuguesa associa-se a esta iniciativa através de recolha de donativos monetários a serem enviados para Beirute.
Os donativos podem ser feitos por transferência [IBAN - PT50 0010 0000 3631 9110 0017 4], Multibanco ou netbanking [entidade: 20999, referência 999 999 999] MBway [918391794] ou Paypal [no botão DOAR no site oficial, facebook ou instagram].
Consulte aqui o apelo oficial da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho,

Formas de fazer o seu donativo

 Os donativos podem ser feitos por:
Transferência - IBAN - PT50 0010 0000 3631 9110 0017 4
Multibanco ou netbanking  - entidade: 20999, referência 999 999 999
MBway - 918391794
Paypal [no botão DOAR no site oficial, facebook ou instagram].

Contactos

Gabinete de Comunicação e Marketing, Sede nacional da Cruz Vermelha Portuguesa

 

    •  Comunicação

Joana Pinheiro |213 913 922 | 918 391 794 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 



    • Marketing

Marlene Pais | 213 913 950 | 910 045 610 

 Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

 

 

 

 

 

 

quinta-feira, 16 julho 2020 18:02

Acolhimento de pessoas refugiadas

Cover FB 851x315px V2

Conheça o APELO HUMANITÁRIO lançado para apoio a mulheres e crianças refugiadas, em vigor até 31 de dezembro, 2021. 

A crise humanitária no Afeganistão impõe, naturalmente, respostas nacionais no quadro do apoio a refugiados. Em especial, a crianças. Nestes termos, atendendo à necessidade de mobilizar cidadãos, a sociedade civil, empresas e todos os setores, os abaixo assinados criam um Fundo para apoio a mulheres e crianças refugiadas em Portugal, ao abrigo dos programas de acolhimento conduzidos pelo Estado Português.

Este Fundo destina-se a dar resposta a necessidades acrescidas ao nível da saúde e educação e será administrado pela Cruz Vermelha Portuguesa em conjunto com a Associação “Corações Com Coroa” na perspetiva da promoção igualdade de género.

Os movimentos financeiros ao abrigo deste Fundo serão aqui públicos e de livre acesso, com observação de exigentes princípios de Ética e Transparência. Todos os donativos podem ser enviados para a Conta da Caixa Geral dos Depósitos com IBAN PT50 0035 0001 0004 3000 4309 1

Catarina Furtado |Maria José Morgado |Daniel Sampaio |Francisco George

 

FAQs

 

Qual o propósito da angariação de fundos?

Dar resposta a necessidades específicas no âmbito da educação e saúde a mulheres e crianças refugiadas, em programas de acolhimento, em Portugal. Tendo em conta a atual situação no Afeganistão, 50% desta verba será especificamente dirigida mulheres, jovens até aos 18 anos e crianças afegãs. 

Quais as necessidades abrangidas?

Em necessidades específicas de mulheres e crianças refugiadas não abrangidas pelos critérios estipulados nos habituais programas de recolocação de refugiados. Por exemplo, cuidados de saúde especializados, apoio à integração no mercado de trabalho, formação específica, literacia institucional,  reforço de aprendizagem da Língua Portuguesa, acesso a estudo superiores, entre outros.

Em breve disponibilizamos aqui a grelha de critérios.

Quem pode ser apoiado?

Mulheres e crianças refugiadas, oriundas de qualquer país, que já estejam em Portugal ou que cheguem a território nacional, integrados nos programas de acolhimento conduzidos pelo Estado.

Como são identificadas as pessoas apoiadas?

A manifestação de interesse em receber este apoio pode ser feita pelo próprio ou pela entidade de acolhimento através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Quem gere este Fundo?

A Cruz Vermelha Portuguesa e a Associação Corações com Coroa com auditoria de Revisores Oficiais de Contas.

Onde posso acompanhar a gestão deste fundo e os movimentos financeiros?

No site da Cruz Vermelha Portuguesa, aqui na Página da Transparência.

Até quando posso contribuir para este apelo?

Os donativos podem ser feitos até dia 31 de dezembro, 2021

Como posso contribuir?

Através de uma transferência ou depósito Bancário – IBAN PT50 0035 0001 0004 3000 4309 1 ou no Multibando (dados a disponibilizar em breve).

Por quanto tempo se vai prolongar o processo de ajuda?

O Apelo extingue-se dia 31 de dezembro de 2021 mas o apoio mantém-se até que seja esgotado o valor angariado. 

Como posso obter o recibo do donativo?

Basta para isso enviar o comprovativo para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

p ITA1603 SITe f0a37

 

 A NOSSA EXPERIÊNCIA NO APOIO AO ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO DE REFUGIADOS 

Como entidade responsável pelo acolhimento e integração de refugiados, a Cruz Vermelha Portuguesa tem vindo, desde 2015, a alojar cidadãos requerentes de protecção internacional de várias nacionalidades, apoiando os seus processos de integração. A Instituição recebeu, até ao momento, mais de 300 pessoas requerentes de protecção internacional. 

Este serviço é prestado no âmbito do Grupo de Trabalho para a Agenda Europeia da Migração, coordenado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e Programas de Recolocação e Reinstalação de Refugiados.

Menores Refugiados não acompanhados

WhatsApp Image 2020 10 15 at 15 site  

 

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), em estreita relação com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e demais Instituições do Setor Social, recebeu, em Junho do ano de 2020, 25 menores refugiados oriundos de Campos de Refugiados na Grécia.

Psicólogos, Assistentes Sociais e Técnicos/monitores, seleccionados no seguimento de uma oferta pública lançada pela CVP para a constituiçaõ da equipa multidisciplinar que viria acompanhar estes menores, passaram por um processo formativo exigente, no sentido da sua capacitação técnica e fortalecimento psicossocial.

À sua chegada, os jovens refugiados passaram por um procedimento de triagem COVID, bem como uma avaliação básica de saúde e estão instalados na casa de acolhimento da Cruz Vermelha Portuguesa, em Lisboa. Estima-se que o tempo de estadia neste centro não ultrapasse os 6 meses, período de tempo que se considerou para a estabilização do processo individual e identificação da medida cautelar posterior enquadrada no circuito normal de acolhimento de pessoas refugiadas onde, naturalmente, poderá vir a estar incluída a possibilidade a famílias de acolhimento.  

São escassos os pormenores sobre a vida, o contexto e as ligações familiares destes menores. Sabe-se, apenas, que na sua grande maioria encontram-se numa faixa etária muito próxima da idade adulta pelo que, o trabalho da equipa técnica terá particular enfoque no planeamento do seu projecto de vida futura e autonomização.   

Segundo Joana Rodrigues, responsável pela área dos Migrantes e Refugiados da Cruz Vermelha Portuguesa, “este projecto é diferenciador pela possibilidade de transferir em simultâneo um grupo alargado de menores e trabalhar de forma consertada, em articulação com várias organizações de referência, para o seu desenvolvimento psicossocial e inclusão na comunidade. Estamos inteiramente confiantes nesta equipa de trabalho que inclui técnicos com uma experiência ímpar no trabalho com grupos vulneráveis, vivências profissionais em campos de refugiados e competência linguísticas avançadas em árabe e turco. A diversidade de formação técnica e experiência desta equipa deixa-nos particularmente confortáveis ." 

Portugal disponibilizou-se a acolher cerca de 500 jovens, sendo que até ao final do ano prevê-se a chegada de 250 menores.

"Algumas [das histórias destes jovens] são muito trágicas (...) tentamos focar-nos mais no presente e no futuro: Onde é que nós vamos? O que é que fazemos com esta dor?" recorda Cláudia Sabença, Coordenadora da casa de acolhimento destes menores, quando se dirige às situações traumáticas pelas quais estes jovens passaram e que requerem um trabalho cuidado e minucioso. 

Numa reportagem dedicada ao tema dos menores refugiados não acompanhados, Cláudia Sabença, Coordenadora da Casa de Acolhimento da Cruz Vermelha Portuguesa onde se encontram os 25 menores que chegaram em Portugal no passado 7 de julho, revelou pormenores do dia-a-dia destes jovens e o trabalho diária de uma equipa que, ao longo das 24h do dia, os apoia. A gestão das emoções e a promoção da capacidade de adaptação a um contexto agora seguro, fazem parte das tarefas de maior foco desta equipa multidisciplinar. 
Veja aqui o artigo completa na Rádio Renascença.
 
 

Protocolos e Relatórios

1) Relatorio_atualizado

 

Donativos

Entidade Doação para o Centro de Acolhimento de Lisboa
Comité Olímpico de Portugal Bicicletas e restante equipamento
Delta 2 Micro-Ondas
El Corte Ingles Roupa de cama, atoalhados, items para cozinha
Federação Portuguesa de Futebol Equipamentos da seleção e bolas oficiais
Ikea 3.000 €
Inditex Roupa de cama, items para cozinha e sweats
Mercadona Produtos de higiene e alimentares
Sacoor Roupa
Sonae MC Roupa
Vilt Group 5.000 €

 

 

Veja aqui os testemunhos de pessoas abrangidas pelo Programa de Recolocação de Refugiados

 Nasriya Sharif

 Aiham Ateye

 Taman Alnajjar

Manuais de apoio e materiais didáticos

 

Seguindo em frente juntos - Manual produzido pelo Red Cross EU Office

Consulte aqui o Manual produzido pelo Red Cross EU Office que destaca, entre outras, a actuação da Cruz Vermelha Portuguesa no apoio aos refugiados e migrantes.

Produtos CVP financiados (clique sobre a imagem)

firme manual pt 1c1ca   firme manual npt pt ec94d
     
firme manual eng 434c5   firme manual npt eng 0f513
     
firme manual ar b69ad   firme manual npt ar a37d6
     
firme manual ti 1e6a3   firme manual npt ti 8dcbb

 

Projecto CVP: “Integrar em REDE” (Reforço, Educação, Disseminação e Envolvimento) - PT/2018/FAMI/399

(pdfclique aqui para ler descritivo do projecto)

FAMI completo b9c71

 

      • Acções desenvolvidas no âmbito do projecto "Integrar em REDE"
                      Faruk ok d5a5d   

Edição do livro “Faruk Reencontra o Verão” numa parceria com a Book Experience

Clique aqui para informações “A Travessia dos Migrantes

 

 

                      d   

Edição do Jogo “A Travessia dos Migrantes” 

Clique aqui para informações “A Travessia dos Migrantes

 

 

Projetos financiados

Projetos financiados no âmbito do acolhimento de refugiados: 

Projecto CVP: “CARE - Cuidar, Agir, Responsabilizar, Educar” - PT/2019/FAMI/441

pdfClique aqui para ler o descritivo do Projecto

Financiamento: FAMI - Fundo Asilo, Migração e Integração

Comparticipação: 74.148,44€ (taxa de co-financiamento de 75%)

Duração: 2 anos com início previsto em 1/01/2020 e conclusão em 31/12/2022

Imagem2 copy copy copy

Projecto CVP: “COM – Conhecer Outros Mundos” - PT/2019/FAMI/453

pdf(clique aqui para ler descritivo do projecto)

Financiamento: FAMI - Fundo Asilo, Migração e Integração

Comparticipação: 106.414,73 € (taxa de co-financiamento de 75%)

Duração: 2 anos com início em 1/01/2020 e conclusão em 31/12/2021

FAMI completo b9c71

 

Projecto CVP: “NEAR – Novo Espaço de Acolhimento a Refugiados” - PT/2019/FAMI/466

pdf(clique aqui para ler descritivo do projecto)

Financiamento: FAMI - Fundo Asilo, Migração e Integração

Comparticipação: 695.323,48€ (taxa de co-financiamento de 75%)

Duração: 3 anos com início previsto em 1/10/2019 e conclusão em 31/12/2022

FAMI completo b9c71

 

Projecto CVP: “Integrar em REDE” (Reforço, Educação, Disseminação e Envolvimento) - PT/2018/FAMI/399

(pdfclique aqui para ler descritivo do projecto)

Financiamento: FAMI - Fundo Asilo, Migração e Integração

Comparticipação: 146.761,20€ (taxa de co-financiamento de 75%)

Duração: 2 anos com início em 1/1/2019 e conclusão em 31/12/2020

 

 
quarta-feira, 27 maio 2020 14:13

Conselho Supremo

Conselho Supremo da Cruz Vermelha Portuguesa 

 

      1 - Constituição: 

a) Ministro da tutela, que tomará parte nas reuniões quando o desejar;

b) Presidente Nacional, Dr. Francisco George;

c) Vice-Presidentes da CVP, Engª Susana Isabel Gonçalves Marques, General Fernando Governo dos Santos Maia, Capitão-Tenente Lara Alexandra Marçal Tomás Martins e Dr. João Manuel de Lemos Santos

d) Presidente da Assembleia Geral, Drª Manuela Filipe;

e) Secretários da Assembleia Geral, Dr. Fausto Mendonça e Dr. António Pimenta de Castro;

f) Representantes dos departamentos ministeriais (n.º 3 Estatutos CVP)

g) Dois representantes de duas instituições com papel preponderante em actividades de carácter humanitário escolhidas pelo presidente de honra;

h) Delegados regionais;

i) Cinco personalidades de reconhecido mérito, propostas pelo Presidente Nacional e cooptadas pelos restantes membros do conselho: Dra. Maria José Morgado; Almirante Fernando Melo Gomes; Dr. Rui Vieira Nery; Dr. Eduardo Graça e Dr. José Amarali.

 

      2 - Participam nas reuniões do Conselho Supremo, sem direito a voto, os restantes membros da direcção nacional.

 

       3 - Os membros referidos na alínea f) do n.º 1 são nomeados por despacho do Ministro que superintenda as seguintes áreas:

a) Defesa Nacional - dois representantes, um dos quais do serviço de saúde militar;

b) Finanças - um representante;

c) Administração Interna - um representante;

d) Negócios estrangeiros - um representante;

e) Educação - um representante;

f) Ensino Superior - um representante;

g) Saúde - um representante;

h) Solidariedade e Segurança social - um representante;

i) Juventude - um representante.

 

SUBSECÇÃO IV - Conselho supremo, artigo 27.º 

Constituição - Estatuto da CVP, Decreto-Lei nº281/2007 de 7 de agosto.

 

 

DSC 3662

 

 

quarta-feira, 27 maio 2020 14:11

Conselho Fiscal

Conselho Fiscal

 

Banner2 copy

   

 

testes

Fica ansioso enquanto espera pelo resultado do seu teste à Covid-19? Na Cruz Vermelha conseguimos resultados em menos tempo!  

Faça o seu testes na Cruz Vermelha Portuguesa

A Cruz Vermelha Portuguesa lançou uma campanha de sensibilização para a importância da realização de testes à Covid-19, garantindo estar mais perto das pessoas e evitando, assim, que estas tenham que fazer deslocações significativas para a realização de um teste. Com mais de 30  Postos fixos distribuídos pelo país e 14 Equipas de Intervenção através de Unidades móveis a circular, mais pessoas podem ser testadas num menor período de tempo. 

Numa campanha em que se pretende dar visibilidade à ansiedade natural sentida no período de espera para obter um resultado, a Cruz Vermelha compromete-se a normalizar esse sintoma permitindo um resultado mais rápido! No seu Posto fixo de Lisboa os resultados aos testes moleculares, através de uma parceria com o Instituto de Medicina Molecular, podem ser obtidos após 12 horas da realização do mesmo e, em todo o país, através da realização de um teste antigénio na CVP, pode ter resultados em 15 minutos. 

É possível a realização de testes através de marcação online, com prescrição do Serviço Nacional de Saúde ou a título particular. Para os agentes de proteção civil (como bombeiros, polícia ou militares) foi criada pela CVP, desde o início da Pandemia, uma via gratuita de acesso direto à realização dos testes.

Para informações sobre testes Covid-19 está disponível a Linha 1415, 24h/dia, atendida por um contact center na Sala de Operações, localizada nas instalações da Coordenação Nacional de Emergência da CVP. 

 

 Saiba mais sobre a presença da Cruz Vermelha nas resposta de prevenção e controlo da Pandemia, em Portugal. 

 

Imagem1 copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy

 

 

Vídeos promocionais

 

 

 

Campanhas conjuntas

 

Imagem1 copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy copy

  Clique na imagem para saber mais 

A Fundação Laps e Indepent Ideia, o Continente, a TVI e a Fundação Portuguesa de Futebol, voltam a unir-se em mais uma iniciativa que pretende angariar donativos para a resposta da Cruz Vermelha Portuguesa e da Rede de Emergência Alimentar ao crescente número de pedidos de apoio, por parte de famílias que se viram, por razão da Pandemia, em situação de grande vulnerabilidade.

 

 

Nunca desistir

Clique na imagem para saber mais 

"Nunca desistir” deu mote à iniciativa de solidariedade promovida pela Fundação Laps e Indepent Ideia, que se destina a ajudar as famílias afectadas pela Pandemia, com o apoio da Cruz Vermelha Portuguesa e da Rede de Emergência Alimentar.

Veja aqui o relatório completo desta iniciativa. Inclui valor doado, número de produtos comprados e número de famílias apoiadas.

 

 

Veja o trabalho da Cruz Vermelha no quadro do controlo da Pandemia, no relatório abaixo. 

 

Ler mais ...
quarta-feira, 27 novembro 2019 12:17

Complexo de Neurointervenção

Resposta integrada e interdisciplinar de apoio às pessoas com demência, aos cuidadores e aos seus familiares.

Ler mais ...
terça-feira, 26 novembro 2019 15:23

Complexo de Neurointervenção, Vila Nova de Gaia

O que é?

Inaugurado em Julho de 2019, o Complexo de Neurointervenção assume-se, essencialmente e no curto prazo, como uma resposta que promove a assistência às pessoas com demência e o apoio aos seus familiares/cuidadores.

Subsidiariamente, promove a saúde e o bem-estar social, contribui para a investigação científica e fomenta a partilha de informação e a transferência de conhecimento na sociedade. Em simultâneo, aposta ainda na formação de programas específicos que promovam a capacitação de profissionais e de todos aqueles que cuidam as demências, incluindo a sociedade em geral.

Conselho Técnico

Médica Neurologista – Ana Monteiro

Enfermeira Especialista – Joana Ferreira

Assistente Social – Teresa Alves

Objectivos Específicos

  • Desenvolvimento de uma resposta assente num cenário de cuidado da pessoa com demência, pessoal e individual, prevenindo problemas de saúde, cognitivos e familiares;
  • Desenvolver e proporcionar mais serviços na comunidade e menos em contexto de institucionalização;
  • Promover a manutenção da pessoa, preferencialmente, no seu ambiente, ou seja, mantê-la no seu lar;
  • Desenvolver com os recursos necessários a motivação, aprendizagem, exercício e treino da pessoa com demência num meio adequado e por ela aceite;
  • Desenvolvimento de intervenções psicoeducativas aos cuidadores e familiares das pessoas com demência;
  • Facultar informação e facilitar a aquisição de competências para que os familiares e cuidadores possam lidar melhor com a doença, promovendo a diminuição do stress, normalmente associado ás pessoas que cuidam.
  • Contribuir para o desenvolvimento e promoção de projetos de investigação social e de saúde;
  • Contribuir para a elaboração de recomendações e de melhores práticas, baseadas nas evidências recolhidas.
Para este efeito, o Complexo de Neurointervenção assenta a sua actividade em quatro grandes eixos principais, com diferentes ofertas de serviços.
 

CNI quadro geral 281f2 5c1db

 

Contactos

Rua Silva Tapada, 379, Oliveira do Douro
Vila Nova de Gaia

Telefone 220 733 310

Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Ler mais ...
Pág. 3 de 231
Powered by jms multisite for joomla